Voltar

Joyce Miranda Leão vence a 18ª edição do Prêmio Barco a Vapor

25 de julho de 2022 Ouvir o texto

Em romance juvenil, autora cearense combina com destreza e sensibilidade fatos de fundo histórico e memórias de família

Em A tatuagem, a cientista política, socióloga, professora e escritora Joyce Miranda Leão – que é natural do Ceará e, atualmente, vive no interior de São Paulo –  narra a história de uma jovem que passa a ser perseguida por uma sequência de números e recorre a diferentes profissionais para ajudá-la a lidar com o problema até se dar conta de que ele só pode ser solucionado por historiadores e cientistas sociais.

Segundo parecer do júri, “o tema dos desdobramentos do Nazismo em solo brasileiro, pouco explorado na literatura infantil e juvenil, é apresentado a partir da perspectiva da narradora, desde sua mais remota infância até a idade adulta, com base em seus vínculos familiares”.     Não à toa, Joyce descreve sua obra como uma metonímia para a história da humanidade.

Para ela, vencer o Barco a Vapor “foi uma surpresa e uma felicidade indescritíveis. O prêmio acabou revelando para mim que também sou escritora, além de professora de Sociologia e Ciência Política”, conta. A autora afirma que faz amplo uso de obras literárias em sala de aula. “Tem momentos que não existe nada como a ficção para fazer alguém entender (e sentir) a verdade”, revela.

A edição deste ano recebeu 1.130 inscrições. A cerimônia de premiação será realizada em novembro, em data e formato a serem definidos.

 

Sobre o Prêmio Barco a Vapor

O Prêmio Barco a Vapor é promovido pela Fundação SM nos nove países onde o Grupo SM atua: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Espanha, México, Peru, Porto Rico e República Dominicana.

A iniciativa, que surgiu na Espanha em 1978, visa revelar novos autores, estimular a criação literária nacional e propiciar aos jovens leitores o acesso a textos inéditos e de qualidade. Além de R$ 40.000,00 (quarenta mil reais), o autor ou a autora do texto vencedor tem seu livro publicado na coleção Barco a Vapor, da SM Educação.

No Brasil, o Prêmio existe desde 2005, sendo considerado uma das mais importantes distinções nacionais concedidas à literatura infantil e juvenil. Confira as obras vencedoras das edições anteriores em: https://barcoavapor.smeducacao.com.br

 

Jovens criam projeto inovador para escola de educação infantil na Espanha

Matéria 28/07/2022

Jovens de nove países ibero-americanos receberam o seguinte desafio: transformar uma escola de educação infantil que atende crianças em situação de vulnerabilidade em um ambiente mais inclusivo e inovador. Confira o resultado.

Saiba mais

Portuguesa Eva Evita vence 13 Catálogo Ibero-América Ilustra

Matéria 27/07/2022

Além do trabalho de Eva Evita, 44 ilustradores ibero-americanos serão incluídos na publicação e na exposição itinerante, incluindo os brasileiros Guilherme Karsten e Weberson Santiago.

Saiba mais

Fundação SM publica anuário sobre livro infantojuvenil

Matéria 09/05/2022

Na 13ª edição do Anuário Ibero-Americano do Livro Infantojuvenil 2021, o leitor encontra um panorama sobre a realidade do setor editorial na Ibero-América e a situação atual em cada um dos países em que a Fundação SM está presente.

Saiba mais

UNESCO propõe pacto para transformar a educação

Matéria 28/04/2022

O relatório “Reimaginar nossos futuros juntos: Um novo contrato social para a educação”, elaborado pela UNESCO e publicado em português e em espanhol pela Fundação SM, destaca como o compromisso coletivo pode promover na educação a equidade, a justiça e o acesso de todos.

Saiba mais

Catálogo Ibero-América Ilustra está na 13ª edição

Matéria 22/03/2022

Prêmio voltado para ilustradores ibero-americanos de livros infantojuvenis reúne trabalhos incríveis de profissionais consagrados e jovens talentos em uma publicação anual, robusta e inspiradora. Inscrições até 29 de abril.

Saiba mais

Ver mais notícias