Voltar

Projeto promove apoio emocional para educadores

21 de julho de 2020 Ouvir o texto

Durante a pandemia de Covid-19 e o fechamento das escolas como medida para conter a disseminação do coronavírus, os educadores foram diretamente impactados, pois tiveram que adaptar a forma de trabalhar para o modelo online sem qualquer formação prévia e tendo que conciliar com as demais demandas geradas pelo isolamento social.

Além de lidar com as próprias angústias neste momento de indefinições, o educador também conhece as vulnerabilidades e angústias de seus estudantes. Para ajuda-los nessa questão, o Quero na Escola e a Fundação SM lançaram o projeto Apoio Emocional, que reúne psicólogos e psicoterapeutas para oferecer atendimento voluntário, gratuito e online para educadores da rede pública que queiram uma escuta profissional para lidar com as suas aflições.

O principal objetivo dessa iniciativa é reconhecer o esforço das professoras e professores e valorizar a saúde emocional como necessidade para a educação no contexto da pandemia.

“Eu tinha aluna pra ganhar bebê, outra que passa necessidade e nem temos os contatos deles”, comenta uma professora. “Tenho aluno com ansiedades cada vez maiores, que me mandam mensagens até de madrugada e não sei como lidar”, coloca outro educador do grupo ouvido pela Quero na Escola.

A diretora da Fundação SM, Pilar Lacerda, enfatiza que a pandemia provocou uma grande ruptura em toda lógica de funcionamento do sistema escolar. “Crianças, adolescentes, jovens, suas famílias, mas principalmente os educadores, sofreram uma imensa transformação em suas rotinas, hábitos e maneiras de trabalhar. Muitos educadores têm reclamado de angústia, cansaço, solidão. Toda a comunidade escolar anda precisando de apoio e escuta”.

Os educadores que desejam pedir uma escuta para si podem se inscrever pelo site do Apoio Emocional. Além de consulta/ escuta, o educador também pode solicitar uma roda online com os alunos, uma aula sobre como abordar o tema ou o que acharem que precisam.

Já psicólogos e psicoterapeutas que desejam colaborar tornando-se voluntários também podem fazê-lo pelo site do projeto.

“Os professores não ganharam matéria em jornal e nem aplausos porque não são considerados “linha de frente” como profissionais da saúde, mas são a retaguarda fundamental e precisam de apoio”, comenta Cinthia Rodrigues, cofundadora do Quero na Escola.

Mais informações: https://queronaescola.com.br/apoioemocional/

Educação para a cidadania global como vetor de transformação da escola

Matéria 27/08/2021

O futuro das novas gerações só pode ser abordado a partir de uma comunidade unida por um forte tecido social. Nesse contexto, a educação deve ser uma responsabilidade compartilhada e deve ter um compromisso transformador.

Saiba mais

7º SIEI: O direito à Educação em tempos de pandemia

Matéria 06/08/2021

Dividido em três encontros online, com debates na parte da manhã e oficinas à tarde, o seminário coloca em diálogo profissionais de referência das áreas da Educação, Saúde e Desenvolvimento Social para debaterem sobre a atuação intersetorial no enfrentamento dos impactos da pandemia nas comunidades escolares, sobre políticas públicas e a garantia da aprendizagem e sobre o clima escolar e a saúde emocional de profissionais, estudantes e famílias em contexto de crise.

Saiba mais

Gerald Vergara vence 12º Catálogo Ibero-Americano de ilustração

Matéria 28/07/2021

O ilustrador venezuelano Gerald José Espinoza Vergara foi o vencedor da 12ª edição do Catálogo Ibero-América Ilustra. Cinco ilustradoras brasileiras também terão seus trabalhos integrados na edição de 2021 do Catálogo.

Saiba mais

Geovany Hércules vence o Prêmio Barco a Vapor 2021

Matéria 26/07/2021

Obra do escritor e humorista Geovany Hércules retrata o dia a dia e os desafios de um grupo de jovens que vivem no Grajaú, na periferia de São Paulo.

Saiba mais

Novos Pontos Myra vão apoiar formação leitora em comunidade

Matéria 16/07/2021

Instituições de oito municípios se inscreveram para participar do processo seletivo de novos Pontos Myra, realizado por edital. Dessas, duas - uma de Goiás e outra da Bahia - foram selecionadas pela Fundação SM e Comunidade Educativa CEDAC, que estão juntas desde a criação do Myra.

Saiba mais

Ver mais notícias