Voltar

Chegou o CILELIJ 2021

1 de julho de 2021 Ouvir o texto

  • Somos as histórias que contamos e lemos; as que acontecem conosco e as que nos contam;
  • Espaço virtual criado pela Fundação SM para refletir sobre cultura e literatura infantojuvenil nos países da Ibero-América.

De uma hora para outra, passamos a viver numa realidade que nunca imaginamos e na qual a cultura foi o nosso refúgio. Estivemos mais conectados do que nunca. Precisamos ler para ter uma conexão com nós mesmos. Crianças e jovens precisam se abrir ao mundo por meio da leitura. Para respirar, para olhar além, para sonhar. Para se cuidar e cuidar. Para ser.

É com grande alegria que a Fundação SM anuncia que o CILELIJ 2021 virtual – Congresso Ibero-Americano de Língua e Literatura Infantil e Juvenil – estreia nos dias 1 e 2 de julho, com o tema “Histórias como nunca. Narrativas em um mundo hiperconectado”, com palestras de escritores, ilustradores e editores sobre novas formas de contar e seguir histórias no universo infantojuvenil.

Este ano, a programação contará com a participação dos brasileiros Marina Colasanti, escritora renomada com mais de 70 obras para crianças e adultos, e Volnei Canônica. Marina, que é referência na literatura brasileira, dividirá curiosidades de sua trajetória, enquanto Volnei compartilhará, na sessão “Projetos Como Nunca” a experiência à frente do Instituto de Leitura Quindim.

Também participarão do congresso o filólogo, poeta e membro da Real Academia de História (Espanha), Luis Alberto de Cuenca, que falará sobre a importância de se ler os clássicos; o escritor catalão Jordi Sierra i Fabra, que falará sobre literatura com jovens; o ilustrador argentino Gusti, que fará uma relação entre ilustração e inclusão; enquanto a poeta Beatriz Giménez de Ory vai comentar sobre como aproximar os jovens da poesia. E muito mais!

Importante enfatizar que todas as apresentações em língua estrangeira terão legendas em português.

 Somos protagonistas

O CILELIJ aspira ser um movimento cultural que ao mesmo tempo acolhe, compartilha e abraça. O congresso é um espaço de diálogo que incentiva a reflexão e acolhe o discurso de editores, especialistas e criadores que utilizam diversos gêneros e formatos para construir os seus relatos; e divulga projetos sociais cujas ferramentas são a arte e a leitura.

O CILELIJ deseja ser o motor para a mudança. Esta reviravolta inesperada da história trouxe com ela uma maior desigualdade e pode criar ainda mais divisões e lacunas. Está nas nossas mãos escrever uma história melhor.

A história de uma nova geração está sendo escrita: aqui e ali; na praça, no bairro, no quarteirão, adultos e crianças… Milhões de pessoas que têm em comum coincidir no tempo e espaço estão criando juntas uma nova história. Palavras como cuidado, desafios, diversidade, inclusão, inconformismo e utopia formam os capítulos desta narração que convida a conseguir um mundo mais justo.

Um mundo onde a cultura acompanha esta geração que cuida.

Que nossas crianças e jovens continuem lendo, continuem contando, continuem escrevendo a sua própria história, pois o mundo da literatura infantojuvenil é apaixonante.

Para assistir a todas as apresentações do CILELIJ, acesse: https://cilelij.es/pt

Vem aí o 15º SIEI

Matéria 20/01/2022

Durante três dias, especialistas internacionais compartilharão reflexões e análises sobre educação para a cidadania global por meio de uma abordagem solidária e humanista. Dias 16, 17 e 18 de março de 2022. Totalmente online e gratuito.

Saiba mais

Por um 2022 com esperança

Matéria 20/12/2021

Encerramos 2021 desejando que em 2022 pratiquemos o esperançar: que estejamos juntos, juntas e juntes em prol de uma educação de qualidade para todas as crianças e jovens, pois juntos cuidamos da Educação.

Saiba mais

Fundação SM apoia Academia de Líderes Ubuntu

Matéria 17/12/2021

Na primeira edição digital do Ubuntu United Nations, com tema “Construir pontes: jovens pela unidade na diversidade”, entre os 600 jovens selecionados de 190 países, quatro são brasileiros: Anderson Pereira, Natália Cócolo, Thaise Temoteo e Vitoria Galvão.

Saiba mais

Fundação SM e OEI anunciam vencedores nacionais do Prêmio Ibero-americano de Educação em Direitos Humanos

Matéria 14/12/2021

Escola Municipal de Ensino Fundamental Duque de Caxias, de São Paulo, vence com o projeto Aula Pública e os novos desafios com a pandemia da Covid-19, enquanto o Projeto UniFavela – semeando o ensino popular, da Associação Social UniFavela, do Rio de Janeiro, foi o vencedor na educação informal.

Saiba mais

Conheça os finalistas nacionais do Prêmio Ibero-americano de Educação em Direitos Humanos

Matéria 13/12/2021

Este ano, o Prêmio de Educação em Direitos Humanos Oscar Arnulfo Romero recebeu 71 inscrições de instituições de ensino e de organizações da sociedade civil que desenvolveram projetos com foco na garantia do direito à saúde na sala de aula.

Saiba mais

Ver mais notícias