Voltar

Conheça os finalistas nacionais do Prêmio Ibero-americano de Educação em Direitos Humanos

13 de dezembro de 2021 Ouvir o texto

  • Foram 71 inscritos na edição 2021 do Prêmio Ibero-americano de Direitos Humanos no Brasil
  • Até 15 de dezembro serão anunciados os vencedores nacionais de cada categoria que participarão da convocatória ibero-americana

A Fundação SM e a Organização dos Estados Ibero-Americanos para Educação, Ciência e Cultura (OEI) anunciam os finalistas da etapa nacional do Prêmio de Educação em Direitos Humanos Oscar Arnulfo Romero.

A premiação visa reconhecer o trabalho de instituições educacionais e organizações da sociedade civil que desenvolvem programas destinados a garantir o direito à educação de crianças e jovens, bem como a inclusão, a paz, a consciência da importância da educação em valores e direitos humanos, entre outras questões.

Este ano o destaque foi em projetos de escolas e das organizações que focam na garantia do direito à saúde na sala de aula e que contribuem para a superação dos novos desafios educacionais causados pela pandemia da COVID-19.

Ao todo, foram 71 inscritos na edição de 2021 do Prêmio Ibero-americano de Direitos Humanos no Brasil. 27 concorreram na categoria A, voltada para instituições de ensino, sejam elas escolas públicas ou privadas, e 44 na categoria B, que reconhece a educação em direitos humanos realizada por organizações da sociedade civil vinculadas ao trabalho de educação não-formal.

Conheça as instituições finalistas da Categoria A

  • Centro de Ensino Fundamental 08 de Sobradinho, localizada em Sobradinho – DF, com o projeto “Vivências para o Bem Viver”.
  • Centro Estadual de Educação Profissional Formação e Eventos Isaías Alves (CEEPIA), localizado em Salvador – BA, com o projeto “Clube de Leitura: O Capítulo que falta”.
  • Colégio Estadual São José, localizado em Palmas – TO, com o projeto “Meninas Protagonistas: separadas somos pétalas, juntas somos rosas”.
  • Escola Municipal de Ensino Fundamental “Duque de Caxias”, localizada em Iporanga – São Paulo, com o projeto “Aula Pública, e os novos desafios, com a pandemia da Covid-19”.
  • Unidade de Ensino Janoca Maciel, localizado em Pedreiras – MA, com o projeto “Janoca News – Educação contra desinformação”.

Conheça as instituições finalistas da Categoria B

  • Associação Social UniFavela, localizada no Rio de Janeiro – RJ, com o projeto “Unifavela – Semeando o ensino popular”.
  • CAMI – Centro de Apoio Pastoral do Migrante, localizado em São Paulo – SP, com o projeto “Capacitação e prevenção do subemprego e trabalho análogo ao de escravo dos imigrantes para condições dignas de vida”.
  • Jeduca – Associação de Jornalistas de educação, localizado em São Paulo – SP, com o projeto “Jeduca – Associação de Jornalistas de educação”.
  • Mais Diferenças – Educação e Cultura Inclusiva, localizado em Guarulhos -SP, com o “Projeto Brincar”.
  • Modelo das Nações Unidas para Ensino Médio, localizado em São Paulo – SP, com o projeto “Instituto Global de Attitude”.

Até 15 de dezembro serão anunciados os vencedores nacionais de cada categoria que participarão da convocatória ibero-americana, a segunda etapa do Prêmio, e irão ao IV Seminário Internacional de Educação em Direitos Humanos, que será realizado em local e data ainda a serem definidos. Nessa fase serão escolhidos os quatro vencedores ibero-americanos, dois por categoria. Devido ao contexto da pandemia global, o evento será programado de acordo com as circunstâncias permitidas no momento.

 

Vem aí o 15º SIEI

Matéria 20/01/2022

Durante três dias, especialistas internacionais compartilharão reflexões e análises sobre educação para a cidadania global por meio de uma abordagem solidária e humanista. Dias 16, 17 e 18 de março de 2022. Totalmente online e gratuito.

Saiba mais

Por um 2022 com esperança

Matéria 20/12/2021

Encerramos 2021 desejando que em 2022 pratiquemos o esperançar: que estejamos juntos, juntas e juntes em prol de uma educação de qualidade para todas as crianças e jovens, pois juntos cuidamos da Educação.

Saiba mais

Fundação SM apoia Academia de Líderes Ubuntu

Matéria 17/12/2021

Na primeira edição digital do Ubuntu United Nations, com tema “Construir pontes: jovens pela unidade na diversidade”, entre os 600 jovens selecionados de 190 países, quatro são brasileiros: Anderson Pereira, Natália Cócolo, Thaise Temoteo e Vitoria Galvão.

Saiba mais

Fundação SM e OEI anunciam vencedores nacionais do Prêmio Ibero-americano de Educação em Direitos Humanos

Matéria 14/12/2021

Escola Municipal de Ensino Fundamental Duque de Caxias, de São Paulo, vence com o projeto Aula Pública e os novos desafios com a pandemia da Covid-19, enquanto o Projeto UniFavela – semeando o ensino popular, da Associação Social UniFavela, do Rio de Janeiro, foi o vencedor na educação informal.

Saiba mais

Fundação SM publicará relatório da Unesco “Os futuros da educação” em português e espanhol

Matéria 29/11/2021

O relatório da Comissão Internacional sobre os "Futuros da Educação: Re-imaginando juntos nossos futuros: um novo contrato social para a educação" convida governos e cidadãos do mundo a forjar uma nova visão, regida por princípios como o reforço da educação como bem público e comum.

Saiba mais

Ver mais notícias