Voltar

Estão abertas as inscrições para voluntários do Myra em São Paulo

12 de fevereiro de 2019 Ouvir o texto

Você pensa em dedicar um tempinho a fazer o bem, mas não sabe ao certo por onde começar? Leitura é um dos temas de seu interesse? Gostaria de ser um dos responsáveis por impactos positivos na escola pública brasileira? Por fim, você mora em São Paulo? Se a sua resposta foi sim para as questões acima, a convocatória de voluntários do Programa Myrapode ser exatamente o que você buscava.

A iniciativa da Fundação SM, que conta com o apoio técnico da Comunidade Educativa CEDAC, está com inscrições abertas para voluntários que tenham interesse em ler semanalmente com uma criança, em uma das quatro escolas participantes do Programa:  EMEF Coronel Ary Gomes (Jardim Andaraí); EMEF Cacilda Becker (Jabaquara); EMEF Desembargador Amorim Lima (Vila Gomes); EE Alfredo Paulino (Alto da Lapa).

“Em 2019, o Myra entra em seu terceiro ano de atuação com saldo positivo. As repactuações com escolas e voluntários possibilitarão a continuidade do trabalho de aperfeiçoamento das competências leitoras das crianças participantes do Programa. A experiência vivenciada até aqui nos entusiasma. Temos a certeza de que é possível atuar positivamente para o desenvolvimento integral dos estudantes, a partir de um ingrediente muito potente: a reunião de pessoas diversas em prol de um bem comum”, diz Pilar Lacerda, diretora da Fundação SM.

Na prática, a iniciativapromove encontros semanais, com uma hora de duração, em que um voluntário-tutor e uma criança realizam atividades em torno da leitura. Para Cristiane Tavares, coordenadora pedagógica do Myra, pela equipe CEDAC, a assiduidade dos voluntários é condição fundamental para o sucesso da experiência. “O compromisso e a frequência do voluntário constroem uma relação de confiança e permanência, que qualifica muito positivamente os encontros. O Myra valoriza a presença qualificada como condição para o estabelecimento de vínculos afetivos, determinantes para toda e qualquer aprendizagem”, explica.

Para ser um voluntário Myra é preciso saber ler em português, ter disponibilidade e vontade de acompanhar a evolução do vínculo de uma criança com a leitura e o desenvolvimento de suas capacidades leitoras. O processo de inscrição é gratuito, rápido e online. Recomendamos que antes de preencher a ficha de inscrição, o interessado leia o texto “O que é preciso para ser um voluntário Myra”.

Sobre o Myra

Inspirado no projeto catalão Lecxit, da Fundação Jaume Bofill, o Programa pretende contribuir para melhorar cada vez mais a compreensão e o desempenho leitor de estudantes, de 4º a 6º anos, do ensino fundamental, de escolas públicas brasileiras, a partir do estímulo à atuação conjunta da escola, de voluntários e da família. Os alicerces do Myra estão fundamentados na ideia de que a leitura é um direito de todos e via de acesso aos bens culturais construídos pela humanidade, cabendo a toda sociedade garantir às crianças as condições de entrada no universo da leitura.

De origem Tupi, myra remete aos vocábulos gente, pessoas, grupo, e concentra valores fundamentais para o programa, como integração, coletividade, relações, desenvolvimento e horizontes.

 Venha fazer parte da nossa rede de #VOLUNTÁRIOS pela leitura em São Paulo! 

#MYRAJUNTOSPELA LEITURA

Inscrições de Voluntários do Programa Myra 2019

Data: até 28 de fevereiro de 2019

Informações: http://programamyra.org/material/voluntario/

Ficha de inscrição: http://programamyra.org/gestao/inscricao

 

Vem aí o 15º SIEI

Matéria 20/01/2022

Durante três dias, especialistas internacionais compartilharão reflexões e análises sobre educação para a cidadania global por meio de uma abordagem solidária e humanista. Dias 16, 17 e 18 de março de 2022. Totalmente online e gratuito.

Saiba mais

Por um 2022 com esperança

Matéria 20/12/2021

Encerramos 2021 desejando que em 2022 pratiquemos o esperançar: que estejamos juntos, juntas e juntes em prol de uma educação de qualidade para todas as crianças e jovens, pois juntos cuidamos da Educação.

Saiba mais

Fundação SM apoia Academia de Líderes Ubuntu

Matéria 17/12/2021

Na primeira edição digital do Ubuntu United Nations, com tema “Construir pontes: jovens pela unidade na diversidade”, entre os 600 jovens selecionados de 190 países, quatro são brasileiros: Anderson Pereira, Natália Cócolo, Thaise Temoteo e Vitoria Galvão.

Saiba mais

Fundação SM e OEI anunciam vencedores nacionais do Prêmio Ibero-americano de Educação em Direitos Humanos

Matéria 14/12/2021

Escola Municipal de Ensino Fundamental Duque de Caxias, de São Paulo, vence com o projeto Aula Pública e os novos desafios com a pandemia da Covid-19, enquanto o Projeto UniFavela – semeando o ensino popular, da Associação Social UniFavela, do Rio de Janeiro, foi o vencedor na educação informal.

Saiba mais

Conheça os finalistas nacionais do Prêmio Ibero-americano de Educação em Direitos Humanos

Matéria 13/12/2021

Este ano, o Prêmio de Educação em Direitos Humanos Oscar Arnulfo Romero recebeu 71 inscrições de instituições de ensino e de organizações da sociedade civil que desenvolveram projetos com foco na garantia do direito à saúde na sala de aula.

Saiba mais

Ver mais notícias