Voltar

Ilustrador argentino vence 10 Catálogo Ibero-América Ilustra

18 de julho de 2019 Ouvir o texto

O ilustrador argentino Fernando Vazquez Mahia é o vencedor da décima edição do Catálogo Ibero-América Ilustra. A decisão do júri foi unânime e baseou-se nos seguintes argumentos: “O trabalho de Fernando Vazquez Mahia apresenta uma composição gráfica e narrativa muito particular. Ele cria um imaginário rico em cores e em sobreposições de formas e elementos que se conectam em uma aparente desordem, convidando o observador a investigar as diferentes camadas de leitura. Nesse sentido, a obra de Mahia é atrativa e acessível a leitores de qualquer idade. O júri destaca que existe uma convivência entre duas linguagens, um desenho complexo integrado a uma pintura de cores contrastantes, com uma grande variedade de texturas e densidades. Suas ilustrações trazem diferentes pontos de vista, que geram uma ambiguidade entre plano e perspectiva. Essa característica presente na imagem também se dá na narrativa, que apresenta cenas do cotidiano de diferentes classes sociais, ao mesmo tempo que integra figuras do universo fantástico – as quais se desvelam pouco a pouco durante uma jornada mística em meio à natureza. Dessa forma, a obra de Mahia evoca o realismo maravilhoso de maneira experimental e contemporânea”.

Como vencedor, Fernando Vazquez Mahia receberá um prêmio de 5 mil dólares americanos, além de assinar a ilustração da capa do Catálogo e de ter um espaço de destaque dentro da exposição, que será realizada na FIL Guadalajara, de 30 de novembro a 8 de dezembro deste ano.

Desde que a convocação para a décima edição do Catálogo foi anunciada, em 26 de novembro do ano passado, foram recebidas obras de 1026 ilustradores de 19 países da Ibero-América (Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Espanha, Guatemala, México, Panamá, Peru, Portugal, Porto Rico, República Dominicana, Uruguai e Venezuela). Para Pilar Lacerda, Diretora da Fundação SM Brasil, o Catálogo abre espaço para o reconhecimento e valorização dos profissionais de ilustração da Ibero-América. “A literatura infantil e juvenil tem várias camadas e múltiplas possibilidades de textos e imagens. Nesse mundo visual em que vivemos, as ilustrações ganham cada vez mais força e espaço. A Fundação SM reconhece esse valor ao promover o Catálogo Ibero-América Ilustra. Reconhece os talentos com a premiação e dá visibilidade a eles com a exposição Invenções gráficas na ilustração. Para nós da Fundação SM Brasil foi uma grande oportunidade poder organizar a exposição e a reunião do júri em São Paulo”, afirma.

Segundo Felipe Arruda, Diretor do Núcleo de Cultura e Participação do Instituto Tomie Ohtake, centro cultural que sediou a exposição Invenções gráficas na ilustraçãoe a reunião do júri do Catálogo, a realização da iniciativa no Brasil dá a conhecer a produção gráfica ibero-americana. “Entendemos que a ampla e riquíssima produção ibero-americana de ilustração ainda é pouco conhecida no Brasil e, portanto, merece mais espaços de encontro, reflexão e visibilidade. Assim, cumprindo com nosso papel como instituição cultural, nós no Instituto Tomie Ohtake ficamos extremamente honrados com a parceria com a Fundação SM na realização dessa exposição, bem como na organização de reuniões e debates sobre o trabalho instigante dos ilustradores ibero-americanos. Esperamos que a aproximação entre instituições, ilustradores, editores e todo o público interessado traga ainda muitos frutos”.

Dos 1026 artistasparticipantes, o México foi o país que teve mais representação, com 214 ilustradores; a Argentina o seguiu com 185; a Espanha com 127; e Brasil com 82. O restante das obras ficou dividido entre os demais países da Ibero-América.

O júri foi composto por profissionais de diferentes países:Mell Brites (Brasil) e Andrés Sandoval (Chile-Brasil), representando a FIL Guadalajara; Rita Aguiar (Brasil), Fernando Vilela (Brasil) e Roger Ycaza (Equador), representando a Fundação SM, que avaliaram as propostas durante o período de deliberação. Os critérios de seleção eram: a clareza do conceito dos trabalhos apresentados, a qualidade narrativa, a originalidade da proposta e a capacidade técnica.

A decisão foi anunciada na manhã de 18 de julho, pela primeira vez, em São Paulo, no Brasil. Nessa ocasião, o júri concedeu também menções especiais aos seguintes ilustradores: Anabella Lopez, Argentina; Cristina Camacho, Espanha; Estefania Santos, Equador;Kike Ibáñez, Espanha;María Wernicke, Argentina.

A cerimônia de premiação será realizada no dia 02 de dezembro, no marco do encerramento daFILustra, na Feira Internacional do Livro de Guadalajara, no México.

Além do ilustrador vencedor e dos que receberam uma menção especial dojúri, adécimaedição do Catálogo Ibero-América Ilustra será composta por:

 

  1. Alejandra Fernández, Espanha
  2. Alexis Díaz, Chile
  3. Alice Santos, Brasil
  4. Ana Bustelo, Espanha
  5. Ana Carolina Matsusaki, Brasil
  6. Camila Curiel, Venezuela
  7. Carlos Alberto Badillo, México
  8. Daniela Gallego, Colômbia
  9. David Espinosa, Chile
  10. Diego Arenas, Chile
  11. Diego Estebo, Espanha
  12. Diego Mallo, Espanha
  13. Estelí Meza, México
  14. Eva Vieira, Portugal
  15. Federico Porfiri, Argentina
  16. Fernanda Massotti, Brasil
  17. Flor Capella, Argentina
  18. Francisca Alvarez, Chile
  19. Francisco Torres, Espanha
  20. Gustavo Ortega, Colômbia
  21. Jazmin Villagrán, Guatemala
  22. Jorge Mato, Uruguai
  23. José Sanabria, Argentina
  24. Juanjo Gasull, Espanha
  25. Lorena Mondragón, México
  26. Luisa Arellano, México
  27. Mafer López, México
  28. Marianella Gatica, Argentina
  29. Miguel Monkc, Cuba
  30. Neeus Caamaño, Espanha
  31. Nerea Pérez, Espanha
  32. Paz Tamburrini, Argentina
  33. Samy Sfoggia, Brasil
  34. Silvia Amstalden, Brasil
  35. Stefania Tejada, Colômbia
  36. Yael Frankel, Argentina

 

*Os nomes estão em ordem alfabética.

A obra com a qual Fernando Vazquez Mahia venceu o concurso, sua fotografia e biografia, estão disponíveis para download no site iberoamericailustra.com

Educação para a cidadania global como vetor de transformação da escola

Matéria 27/08/2021

O futuro das novas gerações só pode ser abordado a partir de uma comunidade unida por um forte tecido social. Nesse contexto, a educação deve ser uma responsabilidade compartilhada e deve ter um compromisso transformador.

Saiba mais

7º SIEI: O direito à Educação em tempos de pandemia

Matéria 06/08/2021

Dividido em três encontros online, com debates na parte da manhã e oficinas à tarde, o seminário coloca em diálogo profissionais de referência das áreas da Educação, Saúde e Desenvolvimento Social para debaterem sobre a atuação intersetorial no enfrentamento dos impactos da pandemia nas comunidades escolares, sobre políticas públicas e a garantia da aprendizagem e sobre o clima escolar e a saúde emocional de profissionais, estudantes e famílias em contexto de crise.

Saiba mais

Gerald Vergara vence 12º Catálogo Ibero-Americano de ilustração

Matéria 28/07/2021

O ilustrador venezuelano Gerald José Espinoza Vergara foi o vencedor da 12ª edição do Catálogo Ibero-América Ilustra. Cinco ilustradoras brasileiras também terão seus trabalhos integrados na edição de 2021 do Catálogo.

Saiba mais

Geovany Hércules vence o Prêmio Barco a Vapor 2021

Matéria 26/07/2021

Obra do escritor e humorista Geovany Hércules retrata o dia a dia e os desafios de um grupo de jovens que vivem no Grajaú, na periferia de São Paulo.

Saiba mais

Novos Pontos Myra vão apoiar formação leitora em comunidade

Matéria 16/07/2021

Instituições de oito municípios se inscreveram para participar do processo seletivo de novos Pontos Myra, realizado por edital. Dessas, duas - uma de Goiás e outra da Bahia - foram selecionadas pela Fundação SM e Comunidade Educativa CEDAC, que estão juntas desde a criação do Myra.

Saiba mais

Ver mais notícias