Voltar

Livro reúne casos de políticas educacionais brasileiras

3 de dezembro de 2018 Ouvir o texto

“O que podemos aprender com casos reais de implementação?”. Os pesquisadores Danilo Dalmon, Caetano Siqueira e Felipe Braga partiram desse questionamento para a condução dos seis estudos de caso que compõem o livro Políticas educacionaisno Brasil, que será lançado hoje, na Fundação Getúlio Vargas – FGV, em São Paulo.

Inspirado no livro The Redesign of Urban School Systems: Case Studies in District Governance, de Donald R. McAdams e Dan Katzir (Harvard Education Press, 2013), o projeto pretende “contribuir para a melhoria da formação de lideranças na educação pública brasileira”, além de “disseminar a metodologia de ensino com estudos de caso”,segundo os organizadores.

Para Dan Katzir, Professor da Escola de Pós-Graduação em Negócios da Universidade de Stanford, que incentivou os organizadores, o livro apresenta as histórias dos “desafios enfrentados em redes de ensino de municípios e estados brasileiros, abordando também as soluções implementadas. Tomadas em conjunto, a mensagem que passam é universal e ressoará para muitas pessoas: a história de um país na busca por uma educação equitativa e excelente para todas as suas crianças”.

Além da orientação de Katzir, o projeto contou com o apoio técnico de um Conselho para a escolha e enfoque dos casos. Entre os especialistas que formaram o Conselho estão Pilar Lacerda (Diretora da Fundação SM),Cleuza Repulho (consultora em Educação) e Ricardo Henriques (Superintendente do Instituto Unibanco).

O projeto elegeu, analisou e registrou seis experiências reais de políticas educacionais, implementadas no Rio de Janeiro (RJ), entre 2009 e 2014; em Belo Horizonte (MG), entre 2009 e 2013; em Florianópolis (SC), entre 2008 e 2014; no Amazonas, entre 2006 e 2012; em Sobral (CE), entre 1999 e 2003; e em Goiás, entre 2010 e 2012. Para compor as análises, os organizadores consideraram os pontos de vista de diversos atores.

Publicado pela SM Educação, o livro tem o apoio da Fundação SM, Instituto Natura, Fundação Lemann e Instituto Unibanco.

Além do livro, o projeto conta com uma plataforma digital casosdepoliticaspublicas.com.br, que disponibiliza conteúdo para download.

 

Fundação SM publica anuário sobre livro infantojuvenil

Matéria 09/05/2022

Na 13ª edição do Anuário Ibero-Americano do Livro Infantojuvenil 2021, o leitor encontra um panorama sobre a realidade do setor editorial na Ibero-América e a situação atual em cada um dos países em que a Fundação SM está presente.

Saiba mais

UNESCO propõe pacto para transformar a educação

Matéria 28/04/2022

O relatório “Reimaginar nossos futuros juntos: Um novo contrato social para a educação”, elaborado pela UNESCO e publicado em português e em espanhol pela Fundação SM, destaca como o compromisso coletivo pode promover na educação a equidade, a justiça e o acesso de todos.

Saiba mais

Catálogo Ibero-América Ilustra está na 13ª edição

Matéria 22/03/2022

Prêmio voltado para ilustradores ibero-americanos de livros infantojuvenis reúne trabalhos incríveis de profissionais consagrados e jovens talentos em uma publicação anual, robusta e inspiradora. Inscrições até 29 de abril.

Saiba mais

Fundação SM lança pesquisa sobre igualdade de gênero

Matéria 08/03/2022

Pesquisa da Fundação SM realizada por ocasião do Dia Internacional da Mulher revela dados preocupantes sobre as percepções de jovens do Brasil, Chile, Espanha e México sobre igualdade de gênero.

Saiba mais

Fundação SM lança 18º Prêmio Ibero-americano SM de Literatura Infantojuvenil

Matéria 07/03/2022

Estão abertas as inscrições para o XVIII Prêmio Ibero-americano SM de Literatura Infantojuvenil, uma iniciativa da Fundação SM que reconhece o legado de escritores e escritoras cujas obras são consideradas muito relevantes para a literatura infantojuvenil.

Saiba mais

Ver mais notícias