Voltar

Marina Colasanti vence XIII Prêmio Ibero-Americano SM de Literatura Infantil e Juvenil

11 de setembro de 2017 Ouvir o texto

A Fundação SM tem o prazer de anunciar a grande vencedora do XIII Prêmio Ibero-Americano SM de Literatura Infantil e Juvenil: a escritora brasileira  Marina Colasanti.

A escolha por Colasanti levou em consideração sua linguagem poética, elogio à fantasia, domínio do simbólico, releitura dos contos de fada, além da construção de personagens profundos, bem consolidados e portadores de um rico mundo interior. O júri (formado por Anel Pérez Martínez, Selene Tinco Flores, Lorena Rodríguez Barrera, Carlos Tejada Wriedt e João Luís Ceccantini) também destacou a universalidade da obra da autora, “seu trânsito e domínio de diversos gêneros literários”, e sua “trajetória como impulsionadora e defensora dos espaços próprios para a literatura infantil e juvenil ibero-americana, bem como sua  constante contribuição para a formação de leitores”.

Autora de mais de 70 livros, publicados no Brasil e no exterior, Colasanti tem sua obra amplamente reconhecida, tendo sido laureada com o Jabuti, o Grande Prêmio da Crítica da APCA, o Melhor Livro do Ano da Câmara Brasileira do Livro e o Prêmio da Biblioteca Nacional.

A cerimônia de entrega do XIII Prêmio Ibero-Americano SM de Literatura Infantil e Juvenil acontecerá no dia 28 de novembro, durante a Feira Internacional do Livro de Guadalajara.

XIII Prêmio Ibero-Americano SM de Literatura Infantil e Juvenil

O Prêmio Ibero-Americano SM de Literatura Infantil e Juvenil foi criado em 2005 pela Fundação SM, com o propósito de reconhecer e valorizar a atuação de excelência de escritores voltados para crianças e jovens da Ibero-América. O concurso também pretende promover a leitura entre crianças e jovens, falantes das línguas portuguesa e espanhola, como ferramenta para o desenvolvimento social de seus países.

A premiação é realizada, anualmente, em parceria com o CERLALC, a Organização dos Estados Ibero-Americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI), a International Board on Books for Young People (IBBY) e a UNESCO; e conta com o apoio da Feira Internacional do Livro de Guadalajara.

Confira os ovencedores das edições anteriores:

2005: Juan Farias (Espanha)

2006: Gloria Cecilia Díaz (Colômbia)

2007: Montserrat del Amo y Gili (Espanha)

2008: Bartolomeu Campos de Queirós (Brasil)

2009: María Teresa Andruetto (Argentina)

2010: Laura Devetach (Argentina)

2011: Agustín Fernández Paz (Espanha)

2012: Ana Maria Machado (Brasil)

2013: Jordi Sierra i Fabra (Espanha)

2014: Ivar Da Coll (Colômbia)

2015: Antonio Malpica (México)

2016: María Cristina Ramos (Argentina)

Programa Myra promove bate-papos online

Matéria 18/06/2020

Conversas online reuniram diferentes especialistas, bem como as diretoras das escolas públicas parceiras do Programa também foram convidadas para participar de discussões em torno do universo da leitura.

Saiba mais

6º SIEI terá mais dois encontros online

Matéria 17/06/2020

Encontro de junho discutirá a "Docência em tempos de pandemia" e o encontro de julho será sobre "A volta às aulas pós-pandemia".

Saiba mais

Coleção Barco a Vapor está disponível para download

Matéria 17/06/2020

As 15 obras literárias infantis e juvenis vencedoras do Prêmio Barco a Vapor estão disponíveis na íntegra e gratuitamente para download.

Saiba mais

Confira como foi o primeiro SIEI totalmente online

Matéria 17/06/2020

O evento contou com depoimentos gravados de estudantes, familiares, professores e gestores escolares, de diferentes lugares do Brasil e debateu sobre como ensinar e aprender neste período de pandemia: qual o papel da educação integral?

Saiba mais

O mundo sitiado?

Matéria 12/06/2020

"O mundo de ponta-cabeça?" é um conto que nasceu como uma explicação para crianças abaixo dos sete anos, que transmite uma mensagem de esperança a pessoas de todas as idades: o amor nos manterá de pé.

Saiba mais

Ver mais notícias