Voltar

Nota pública – A Fundação SM está de luto

16 de março de 2018 Ouvir o texto

Ontem, 15 de março, as ruas voltaram a receber milhares de pessoas indignadas com o assassinato brutal da vereadora do Rio de Janeiro, Marielle Franco. Eleita com mais de 46 mil votos, ela era defensora dos direitos humanos, da igualdade e do respeito a mulheres, negros e moradores de favelas. Formada em Sociologia, Marielle cresceu no Complexo da Maré e frequentou escola pública.

Ontem, 15 de março, professores do município de São Paulo foram às ruas, somar suas reivindicações por melhores condições de trabalho e pela qualidade da educação à manifestação pública por Marielle.

Ontem, 15 de março, também foi o Dia da Escola. Mais do que uma data comemorativa, um dia para refletir e perseverar no movimento pela melhoria do ensino público.

A história de Marielle mostra que a educação é o caminho. Os milhares de jovens e de crianças habitantes de zonas de conflito, por quem a vereadora lutava, precisam ter seus direitos a boas condições de estudo e de aprendizagem assegurados. A luta de Marielle continuará viva em cada um deles, nos educadores e naqueles que dedicam o seu dia a dia à consolidação da garantia de oportunidades iguais para todos.

A Fundação SM repudia qualquer ato de violência que ameace a vida humana, com a intenção de calar a busca legítima por uma sociedade mais justa. Acreditamos que uma transformação positiva da realidade brasileira – hoje tão permeada pela desigualdade, pela miséria e pela injustiça – só será possível a partir da garantia do acesso à educação de qualidade para todos.

Aprovação do Novo Fundeb é um marco para educação pública no Brasil

Matéria 04/09/2020

O Fundeb representa uma grande conquista para a educação pública no Brasil que visa diminuir as desigualdades educacionais, democratizar o acesso à educação e garantir ensino de qualidade em todo território nacional.

Saiba mais

Sebastian Santafe Ayala ganha 11º Catálogo Iberoamérica Ilustra

Matéria 20/08/2020

O ilustrador colombiano Sebastian Santafe Ayala é o vencedor da 11ª edição do Catálogo Iberoamérica Ilustra. Os trabalhos dos brasileiros Eduardo Henrique Barroso Oliveira e Rodrigo Mafra também vão integrar catálogo deste ano.

Saiba mais

Guilherme Semionato vence Prêmio Barco a Vapor

Matéria 20/08/2020

Escritor natural do Rio de Janeiro é o vencedor da 16ª edição do Prêmio Barco a Vapor com o livro "A bicicleta azul".

Saiba mais

Prêmio Territórios lança publicação

Matéria 21/07/2020

A publicação discute o papel da educação integral e a sua relação com a cultura e os territórios no fortalecimento de uma sociedade democrática. O evento de lançamento será virtual e dividido numa série de três lives.

Saiba mais

Projeto promove apoio emocional para educadores

Matéria 21/07/2020

Projeto reúne psicólogos e psicoterapeutas para oferecer atendimento voluntário, gratuito e online para educadores da rede pública que queiram uma escuta profissional ou ajuda para lidar com as suas angústias e as angústias de seus estudantes.

Saiba mais

Ver mais notícias