Voltar

Nota pública – A Fundação SM está de luto

16 de março de 2018 Ouvir o texto

Ontem, 15 de março, as ruas voltaram a receber milhares de pessoas indignadas com o assassinato brutal da vereadora do Rio de Janeiro, Marielle Franco. Eleita com mais de 46 mil votos, ela era defensora dos direitos humanos, da igualdade e do respeito a mulheres, negros e moradores de favelas. Formada em Sociologia, Marielle cresceu no Complexo da Maré e frequentou escola pública.

Ontem, 15 de março, professores do município de São Paulo foram às ruas, somar suas reivindicações por melhores condições de trabalho e pela qualidade da educação à manifestação pública por Marielle.

Ontem, 15 de março, também foi o Dia da Escola. Mais do que uma data comemorativa, um dia para refletir e perseverar no movimento pela melhoria do ensino público.

A história de Marielle mostra que a educação é o caminho. Os milhares de jovens e de crianças habitantes de zonas de conflito, por quem a vereadora lutava, precisam ter seus direitos a boas condições de estudo e de aprendizagem assegurados. A luta de Marielle continuará viva em cada um deles, nos educadores e naqueles que dedicam o seu dia a dia à consolidação da garantia de oportunidades iguais para todos.

A Fundação SM repudia qualquer ato de violência que ameace a vida humana, com a intenção de calar a busca legítima por uma sociedade mais justa. Acreditamos que uma transformação positiva da realidade brasileira – hoje tão permeada pela desigualdade, pela miséria e pela injustiça – só será possível a partir da garantia do acesso à educação de qualidade para todos.

Vem aí o 15º SIEI

Matéria 20/01/2022

Durante três dias, especialistas internacionais compartilharão reflexões e análises sobre educação para a cidadania global por meio de uma abordagem solidária e humanista. Dias 16, 17 e 18 de março de 2022. Totalmente online e gratuito.

Saiba mais

Por um 2022 com esperança

Matéria 20/12/2021

Encerramos 2021 desejando que em 2022 pratiquemos o esperançar: que estejamos juntos, juntas e juntes em prol de uma educação de qualidade para todas as crianças e jovens, pois juntos cuidamos da Educação.

Saiba mais

Fundação SM apoia Academia de Líderes Ubuntu

Matéria 17/12/2021

Na primeira edição digital do Ubuntu United Nations, com tema “Construir pontes: jovens pela unidade na diversidade”, entre os 600 jovens selecionados de 190 países, quatro são brasileiros: Anderson Pereira, Natália Cócolo, Thaise Temoteo e Vitoria Galvão.

Saiba mais

Fundação SM e OEI anunciam vencedores nacionais do Prêmio Ibero-americano de Educação em Direitos Humanos

Matéria 14/12/2021

Escola Municipal de Ensino Fundamental Duque de Caxias, de São Paulo, vence com o projeto Aula Pública e os novos desafios com a pandemia da Covid-19, enquanto o Projeto UniFavela – semeando o ensino popular, da Associação Social UniFavela, do Rio de Janeiro, foi o vencedor na educação informal.

Saiba mais

Conheça os finalistas nacionais do Prêmio Ibero-americano de Educação em Direitos Humanos

Matéria 13/12/2021

Este ano, o Prêmio de Educação em Direitos Humanos Oscar Arnulfo Romero recebeu 71 inscrições de instituições de ensino e de organizações da sociedade civil que desenvolveram projetos com foco na garantia do direito à saúde na sala de aula.

Saiba mais

Ver mais notícias