Voltar

Prêmio Ibero-Americano de Educação em Direitos Humanos anuncia vencedores da etapa internacional

2 de dezembro de 2019 Ouvir o texto

A  Fundação SM e a Organização de Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI) anunciaram os quatro vencedores da etapa internacional da terceira edição do Prêmio Ibero-Americano de Educação em Direitos Humanos Óscar Arnulfo Romero, que contou com a participação de vinte países ibero-americanos. 

 Outorgado em homenagem a Óscar Arnulfo Romero, por seu trabalho como bispo e mártir em defesa dos direitos humanos, o Prêmio tem a finalidade de reconhecer, destacar e disseminar a missão e o compromisso de instituições de ensino fundamental e de organizações da sociedade civil que, por meio de diversas práticas educacionais, promovem os direitos humanos de modo exemplar e causam grande impacto nas sociedades em que atuam. 

O Prêmio Ibero-americano consisti na entrega de 5.000 dólares, um reconhecimento econômico que será reinvestido no programa para dois projetos por categoria, sendo em total quatro experiências vencedoras. Para esta terceira edição, contamos com a participação de vinte países membros da OEI. 

O júri do prêmio reuniu-se no dia 26 de novembro, nas instalações da Secretaria de Relações Exteriores, na Cidade do México, para deliberar e selecionar os ganhadores desta terceira edição, que receberão 5.000 dólares para investir em seus projetos.

 

 CATEGORIA A

Após avaliação e pontuação, foram selecionados, por unanimidade, para a categoria A, correspondente a instituições de ensino, os seguintes países:  

Chile

Instituição: Liceu Técnico de Valparaíso

Projeto: Inclusão para a equidade social

México   

Instituição:Escola Primária Lic. José Ma. Pino Suárez

Projeto: Rádio, televisão e imprensa escolar

 

> O júri também atribuiu as seguintes menções honrosas aos países:  

 Equador

Instituição: Unidade Educativa Municipal Calderón

Projeto: Mulher e comunidade 

Uruguai

Instituição: Centro de Recursos para Alunos Cegos e com Baixa Visão

Projeto:  Mãos que veem.  

Colômbia

Instituição: Instituição Educativa Francisco de Miranda

Projeto: Experiência etnoeducacional bilíngue para estudantes com deficiência auditiva 

República Dominicana

Instituição: Escola de Ensino Médio Babeque

Projeto: Acampamento Arahuacos 

 

CATEGORIA B

Após avaliação e pontuação, foram selecionados, por unanimidade, para a categoria B, correspondente a Organizações da sociedade civil e educação não formal os seguintes países:

Guatemala

Instituição: Instituto Internacional de Aprendizagem para a Reconciliação Social

Projeto: Jovens dialogando sobre os desafios para construir a paz na Exposição Por que estamos como estamos?

Porto Rico

Instituição: Organização Projeto Nascer, Inc.

Projeto: Defendendo o que somos 

 

>O júri também atribuiu as seguintes menções honrosas aos países:  

 México

Instituição: Melel Xojobal, A. C.

Projeto: Escola Feminista “Código F” 

Argentina

Instituição: Biblioteca Popular La Carcova

Projeto: Defensoria territorial em Direitos Humanos San Martin

Bolívia

Instituição: Escola de Formação de Líderes impulsionada pelo Centro de Investigação e Promoção do Campesinato

Projeto: Escola de formação de líderes com jovens da área rural 

El Salvador

Instituição: Comunidade Monseñor Romero

Projeto: Programa terapêutico comunitário pelos Direitos Humanos da infância com deficiência do departamento de Usulután 

Conheça os 18 jovens que participarão do projeto Aula GO

Matéria 23/11/2021

Durante a experiência, os jovens receberão formação sobre competências globais e específicas dada por grandes profissionais do setor. Em seguida a equipe desenvolverá um projeto para promover uma mudança na educação e nos ambientes educacionais de uma escola de educação infantil. Entre os 18 participantes, quatro são brasileiros.

Saiba mais

Fundação SM doa 2,1 mil livros para Leve História

Matéria 18/11/2021

O Leve História é uma iniciativa de voluntariado que promove encontros em torno da literatura, fazendo a ponte para que famílias com um acervo literário doem livros para famílias com acesso mais restrito. A Fundação SM aderiu ao movimento e, em conjunto com os colaboradores da SM Educação, arrecadou livros que serão distribuídos para crianças de escolas públicas da cidade de São Paulo.

Saiba mais

Roteiro compartilhado para educar para a cidadania global

Matéria 10/11/2021

O objetivo do programa “Conversas sobre educação para uma cidadania global significativa” foi – ao longo de 12 encontros – criar, conjuntamente, com especialistas e professores um conceito que define a educação para Cidadania Global como vetor de transformação da escola.

Saiba mais

A educação não-formal e suas contribuições para a cidadania global

Matéria 04/11/2021

A educação não-formal tem se tornado um importante complemento da educação formal e institucionalizada, sendo um processo educacional voluntário, com uma clara intenção de aprendizado muito mais flexível e adaptável.

Saiba mais

Fundação SM apresenta o Aula Go

Matéria 14/10/2021

18 jovens de países ibero-americanos formarão uma equipe que elaborará uma proposta de transformação para uma escola

Saiba mais

Ver mais notícias