Voltar

Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos amplia fronteiras

30 de maio de 2017 Ouvir o texto

Recém-lançada, a quinta edição do Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos apresenta uma novidade em relação às anteriores. A partir deste ano, a premiação passa a constituir a etapa nacional do Prêmio Ibero-Americano de Educação em Direitos Humanos Óscar Arnulfo Romero, promovido pela Fundação SM em parceria com a Organização de Estados Ibero-americanos – OEI.

Realizado pelo Ministério da Educação– MEC, o Ministério dos Direitos Humanos e a OEI, o Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos conta com o patrocínio da Fundação SM. Ao dar a conhecer projetos de educação em direitos humanos, que ajudam a construir uma nova percepção de mundo, a iniciativa dialoga diretamente com a missão da Fundação SM de contribuir para o desenvolvimento integral das pessoas por meio da educação.

“A Fundação SM busca apoiar e desenvolver projetos voltados para a melhoria da qualidade da educação, que percebem o ser humano em sua totalidade. E o Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos pretende, justamente, reconhecer e valorizar experiências educativas comprometidas com a geração de uma cultura de direitos humanos”, explica a Diretora da Fundação SM, Pilar Lacerda.

Em sua segunda edição, o Prêmio Ibero-Americano de Educação em Direitos Humanos Óscar Arnulfo Romero, que celebra o centenário de nascimento (15 de agosto) do Beato Óscar Arnulfo Romero, tem por objetivo reconhecer o trabalho de instituições de ensino que tenham atuado de forma exemplar na defesa e promoção dos direitos humanos por meio da educação. “Acreditamos que essas práticas, realizadas no âmbito escolar, são fundamentais para o fomento ao diálogo, ao respeito à diversidade, e, consequentemente, para a formação de cidadãos mais conscienciosos de seus papéis na sociedade e tolerantes em suas relações com outros indivíduos”, reitera Pilar Lacerda.

As experiências selecionadas na etapa nacional participarão do Prêmio Ibero-Americano e do II Seminário Internacional sobre Educação em Direitos Humanos, que será realizado no último trimestre de 2017, na Colômbia.

Os vencedores receberão um cheque de 5 mil dólares (para os dois primeiros colocados em cada categoria). Todas as experiências receberão um certificado de participação e os selecionados na etapa nacional terão uma menção especial.

Para mais informações, acesse:

Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos

Prêmio Ibero-Americano de Educação em Direitos Humanos Óscar Arnulfo Romero

 

Aprovação do Novo Fundeb é um marco para educação pública no Brasil

Matéria 04/09/2020

O Fundeb representa uma grande conquista para a educação pública no Brasil que visa diminuir as desigualdades educacionais, democratizar o acesso à educação e garantir ensino de qualidade em todo território nacional.

Saiba mais

Sebastian Santafe Ayala ganha 11º Catálogo Iberoamérica Ilustra

Matéria 20/08/2020

O ilustrador colombiano Sebastian Santafe Ayala é o vencedor da 11ª edição do Catálogo Iberoamérica Ilustra. Os trabalhos dos brasileiros Eduardo Henrique Barroso Oliveira e Rodrigo Mafra também vão integrar catálogo deste ano.

Saiba mais

Guilherme Semionato vence Prêmio Barco a Vapor

Matéria 20/08/2020

Escritor natural do Rio de Janeiro é o vencedor da 16ª edição do Prêmio Barco a Vapor com o livro "A bicicleta azul".

Saiba mais

Prêmio Territórios lança publicação

Matéria 21/07/2020

A publicação discute o papel da educação integral e a sua relação com a cultura e os territórios no fortalecimento de uma sociedade democrática. O evento de lançamento será virtual e dividido numa série de três lives.

Saiba mais

Projeto promove apoio emocional para educadores

Matéria 21/07/2020

Projeto reúne psicólogos e psicoterapeutas para oferecer atendimento voluntário, gratuito e online para educadores da rede pública que queiram uma escuta profissional ou ajuda para lidar com as suas angústias e as angústias de seus estudantes.

Saiba mais

Ver mais notícias