Voltar

Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos amplia fronteiras

30 de maio de 2017 Ouvir o texto

Recém-lançada, a quinta edição do Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos apresenta uma novidade em relação às anteriores. A partir deste ano, a premiação passa a constituir a etapa nacional do Prêmio Ibero-Americano de Educação em Direitos Humanos Óscar Arnulfo Romero, promovido pela Fundação SM em parceria com a Organização de Estados Ibero-americanos – OEI.

Realizado pelo Ministério da Educação– MEC, o Ministério dos Direitos Humanos e a OEI, o Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos conta com o patrocínio da Fundação SM. Ao dar a conhecer projetos de educação em direitos humanos, que ajudam a construir uma nova percepção de mundo, a iniciativa dialoga diretamente com a missão da Fundação SM de contribuir para o desenvolvimento integral das pessoas por meio da educação.

“A Fundação SM busca apoiar e desenvolver projetos voltados para a melhoria da qualidade da educação, que percebem o ser humano em sua totalidade. E o Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos pretende, justamente, reconhecer e valorizar experiências educativas comprometidas com a geração de uma cultura de direitos humanos”, explica a Diretora da Fundação SM, Pilar Lacerda.

Em sua segunda edição, o Prêmio Ibero-Americano de Educação em Direitos Humanos Óscar Arnulfo Romero, que celebra o centenário de nascimento (15 de agosto) do Beato Óscar Arnulfo Romero, tem por objetivo reconhecer o trabalho de instituições de ensino que tenham atuado de forma exemplar na defesa e promoção dos direitos humanos por meio da educação. “Acreditamos que essas práticas, realizadas no âmbito escolar, são fundamentais para o fomento ao diálogo, ao respeito à diversidade, e, consequentemente, para a formação de cidadãos mais conscienciosos de seus papéis na sociedade e tolerantes em suas relações com outros indivíduos”, reitera Pilar Lacerda.

As experiências selecionadas na etapa nacional participarão do Prêmio Ibero-Americano e do II Seminário Internacional sobre Educação em Direitos Humanos, que será realizado no último trimestre de 2017, na Colômbia.

Os vencedores receberão um cheque de 5 mil dólares (para os dois primeiros colocados em cada categoria). Todas as experiências receberão um certificado de participação e os selecionados na etapa nacional terão uma menção especial.

Para mais informações, acesse:

Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos

Prêmio Ibero-Americano de Educação em Direitos Humanos Óscar Arnulfo Romero

 

Escrever como leitores: a literatura no cotidiano de crianças e jovens ibero-americanos

Matéria 01/07/2019

Programa estimula a leitura e a escrita literárias entre crianças e jovens de escolas de sete países da Ibero-América.

Saiba mais

Catálogo Ibero-América Ilustra celebra dez edições com exposição no Instituto Tomie Ohtake

Matéria 25/06/2019

A exposição Invenções Gráficas na Ilustração Ibero-Americana acontecerá entre 03 e 28 de julho

Saiba mais

Mais pessoas nas escolas

Artigo 05/06/2019

Confira o artigo de Cinthia Rodrigues, Líder Transformadora da Educação, sobre o projeto Quero na Escola.

Saiba mais

Líderes Transformadores: Antônio Lovato

Matéria 30/05/2019

"Ser um Líder Transformador significa fazer parte de uma rede muito poderosa em dez países ibero-americanos focada em fortalecer esforços por uma educação para todos."

Saiba mais

Prêmio de Educação em Direitos Humanos tem inscrições prorrogadas

Matéria 07/05/2019

Novo prazo para candidatura de experiências termina dia 15 de julho.

Saiba mais

Ver mais notícias