Voltar

Prêmio Territórios celebra projetos que conectam escola, cultura e cidade

23 de outubro de 2018 Ouvir o texto

Voltado a escolas e professores da rede pública municipal de São Paulo, o 3º Prêmio Territórios é uma iniciativa do Instituto Tomie Ohtake, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de São Paulo, com patrocínio da Estácio e apoio da Fundação SM.

A premiação recebe, até 10 de dezembro, inscrições de projetos de educação integral colaborativos, que tenham como eixo central a cultura, e que sejam realizados por professores em parceria com gestores e outros agentes da comunidade escolar (estudantes, funcionários e famílias).

Os trabalhos inscritos serão avaliados por um júri composto por especialistas nos campos da cultura e da educação, que selecionará até dez experiências, que serão reveladas em março de 2019.

Entre os critérios avaliados estão a integração entre escola e território; a relação com a cultura em sua ampla acepção e diversidade, incluindo as diversas culturas e fazeres artísticos produzidos por estudantes e pela comunidade; a colaboração de membros da escola e da comunidade; acessibilidade e diversidade; o protagonismo dos participantes; a interdisciplinaridade; a conexão do projeto com o currículo da escola; a consistência dos processos de investigação e produção de conhecimento; os efeitos gerados nos participantes, no ambiente escolar, na gestão escolar e na comunidade e o potencial multiplicador da metodologia utilizada.

Os vencedores receberão prêmios específicos por público. Confira:

Escola: Apoio financeiro de R$ 2mil (dois mil reais) para a continuidade do projeto; doação de uma pequena biblioteca para as bibliotecas escolares contendo: 20 (vinte) catálogos de arte relacionados às exposições realizadas no Instituto Tomie Ohtake e livros diversos doados por editoras parceiras; realização de um minidocumentário que apresentará um resumo dos processos e resultados do projeto, a ser veiculado nos canais de comunicação do Instituto Tomie Ohtake, da Secretaria Municipal de Educação e da Estácio, conferindo visibilidade à iniciativa.

Responsável pela inscrição do projeto: Participação nos Encontros de Conexão e Reflexão, que reunirá os representantes dos 10 projetos selecionados em ações formativas com educadores e artistas;umacarteirinha de “Amigo” do Instituto Tomie Ohtake, que dispõe de diversos benefícios anuais;um bolsa para curso de arte do Espaço do Olhar ou da Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake durante o ano de 2019.

Dois outros representantes indicados na inscrição do projeto: Uma bolsa para curso de arte do Espaço do Olhar ou da Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake durante o ano de 2019.

3º Prêmio Territórios

Inscrições: até 10 de dezembro

Regulamento: www.premioterritorios.institutotomieohtake.org.br

Mais informações: premioterritorios@institutotomieohtake.org.br

 

 

Vem aí o 15º SIEI

Matéria 20/01/2022

Durante três dias, especialistas internacionais compartilharão reflexões e análises sobre educação para a cidadania global por meio de uma abordagem solidária e humanista. Dias 16, 17 e 18 de março de 2022. Totalmente online e gratuito.

Saiba mais

Por um 2022 com esperança

Matéria 20/12/2021

Encerramos 2021 desejando que em 2022 pratiquemos o esperançar: que estejamos juntos, juntas e juntes em prol de uma educação de qualidade para todas as crianças e jovens, pois juntos cuidamos da Educação.

Saiba mais

Fundação SM apoia Academia de Líderes Ubuntu

Matéria 17/12/2021

Na primeira edição digital do Ubuntu United Nations, com tema “Construir pontes: jovens pela unidade na diversidade”, entre os 600 jovens selecionados de 190 países, quatro são brasileiros: Anderson Pereira, Natália Cócolo, Thaise Temoteo e Vitoria Galvão.

Saiba mais

Fundação SM e OEI anunciam vencedores nacionais do Prêmio Ibero-americano de Educação em Direitos Humanos

Matéria 14/12/2021

Escola Municipal de Ensino Fundamental Duque de Caxias, de São Paulo, vence com o projeto Aula Pública e os novos desafios com a pandemia da Covid-19, enquanto o Projeto UniFavela – semeando o ensino popular, da Associação Social UniFavela, do Rio de Janeiro, foi o vencedor na educação informal.

Saiba mais

Conheça os finalistas nacionais do Prêmio Ibero-americano de Educação em Direitos Humanos

Matéria 13/12/2021

Este ano, o Prêmio de Educação em Direitos Humanos Oscar Arnulfo Romero recebeu 71 inscrições de instituições de ensino e de organizações da sociedade civil que desenvolveram projetos com foco na garantia do direito à saúde na sala de aula.

Saiba mais

Ver mais notícias