Voltar

Programa Myra integra iniciativa lançada pelo Governo do Estado do Espírito Santo

20 de setembro de 2019 Ouvir o texto

Lançado ontem (19 de setembro) no Palácio Anchieta, em Vitória (ES), o Programa Cultura Conecta é uma iniciativa do Governo do Estado do Espírito Santo, que pretende promover transformação social e ampliação de direitos por meio da cultura. Entre as ações previstas pelo Programa está a implementação do Ponto Myra, projeto desenvolvido pela Fundação SM, que permite a replicação do programa Myra em larga escala. De acordo com a Secretaria de Estado da Cultura (Secult), “o programa Myra será um dos eixos do Cultura Conecta”.

Criado pela Fundação SM em 2016, o Myra tem a missão de apoiar o aprimoramento das competências leitoras de estudantesde escolas públicas brasileiras. Para isso, promove encontros semanais, com uma hora de duração, em que um voluntário-tutor e uma criança realizam atividades em torno da leitura.

“A parceria com o Governo do Estado do Espírito Santo permitirá que um número maior de crianças se aproxime da leitura, estabelecendo uma relação positiva com a aprendizagem. Para a Fundação SM, a leitura é um direito de todose via de acesso aos bens culturais construídos pela humanidade, um canal potente para o conhecimento de si e do outro e para a geração de possibilidades de intervenção na realidade. Além disso, ao reunir uma rede de pessoas – voluntários, escolas, educadores e famílias – interessadas em apoiar o desenvolvimento integral de meninos e meninas, o Programa se alinha com o Cultura Conecta, que tem como meta ‘conectar pessoas, territórios e saberes’ em prol do fortalecimento da cultura”, explica a Diretora da Fundação SM, Pilar Lacerda.

Programa Cultura Conecta

Segundo a Secult, mais de 200 realizadores culturais serão impactados diretamente pelo Programa, que contará, entre outras ações, com um Laboratório de Inovação Cidadã, com a circulação de projetos pelo interior, com oficinas de capacitação e com um programa ao vivo na TVE, em parceria com o Canal Futura. “Com ações coletivas vamos, junto aos coletivos participantes, identificar os desafios e processos e potencializar as iniciativas de quem faz cultura a partir de soluções colaborativas e que explorem o potencial inovador de cada um”, afirma o secretário de Estado da Cultura, Fabricio Noronha, em comunicado da Secult.

Nomeadas embaixadoras do Cultura Conecta, a poeta Elisa Lucinda e a filósofa Viviane Mosé participarão da curadoria e da elaboração de ações promovidas pelo Programa.

Saiba mais aqui.

Crédito imagem: Hélio Filho /SECOM

Vem aí o 15º SIEI

Matéria 20/01/2022

Durante três dias, especialistas internacionais compartilharão reflexões e análises sobre educação para a cidadania global por meio de uma abordagem solidária e humanista. Dias 16, 17 e 18 de março de 2022. Totalmente online e gratuito.

Saiba mais

Por um 2022 com esperança

Matéria 20/12/2021

Encerramos 2021 desejando que em 2022 pratiquemos o esperançar: que estejamos juntos, juntas e juntes em prol de uma educação de qualidade para todas as crianças e jovens, pois juntos cuidamos da Educação.

Saiba mais

Fundação SM apoia Academia de Líderes Ubuntu

Matéria 17/12/2021

Na primeira edição digital do Ubuntu United Nations, com tema “Construir pontes: jovens pela unidade na diversidade”, entre os 600 jovens selecionados de 190 países, quatro são brasileiros: Anderson Pereira, Natália Cócolo, Thaise Temoteo e Vitoria Galvão.

Saiba mais

Fundação SM e OEI anunciam vencedores nacionais do Prêmio Ibero-americano de Educação em Direitos Humanos

Matéria 14/12/2021

Escola Municipal de Ensino Fundamental Duque de Caxias, de São Paulo, vence com o projeto Aula Pública e os novos desafios com a pandemia da Covid-19, enquanto o Projeto UniFavela – semeando o ensino popular, da Associação Social UniFavela, do Rio de Janeiro, foi o vencedor na educação informal.

Saiba mais

Conheça os finalistas nacionais do Prêmio Ibero-americano de Educação em Direitos Humanos

Matéria 13/12/2021

Este ano, o Prêmio de Educação em Direitos Humanos Oscar Arnulfo Romero recebeu 71 inscrições de instituições de ensino e de organizações da sociedade civil que desenvolveram projetos com foco na garantia do direito à saúde na sala de aula.

Saiba mais

Ver mais notícias