Voltar

Programa Myra promove bate-papos online

18 de junho de 2020 Ouvir o texto

Desde o início do isolamento social como forma de conter a disseminação do novo coronavírus, a equipe do Programa Myra – juntos pela leitura passou a realizar encontros virtuais para promover discussões em torno do universo da leitura. Após o primeiro “Myra Convida” com a diretora da Fundação SM, Pilar Lacerda, ocorreram três encontros. Confira como foi cada um deles.

Myra convida diretoras das escolas públicas parceiras do Programa

A área da educação, como muitas outras, é feita de parcerias. No dia 27 de maio, o Programa Myra ouviu as diretoras de escolas públicas parceiras numa conversa sobre comunidade escolar, engajamento das famílias e sociedade na formação das crianças e o papel da leitura na união desses diversos atores do processo educacional. Pilar Lacerda mediou a conversa entre Ana Lima Siqueira, da EMEF Desembargador Amorim Lima, Clécia Soares de Alencar Mota, da EMEF Cacilda Becker, e Rosangela de Lima Yarshell, da EE Alfredo Paulino.

Fantasia e design nos livros ilustrados

No dia 12 de maio, Michaella Pivetti e Rita da Costa Aguiar conversaram com a coordenadora do Programa Myra, Cristiane Tavares, sobre como a experiência estética nos livros pode ir além do texto.

Michaella Pivetti é voluntária no Programa Myra. Ela pesquisa e atua nas áreas da Comunicação visual, Jornalismo gráfico, Produção editorial e Literatura para a infância. Sua tese de doutorado, “A fantasia, o design e a literatura para a infância – Uma gramática da fantasia para os livros ilustrados”, foi publicada em 2019 pela Editora Limiar.

Já Rita da Costa Aguiar é designer, editora de arte de literatura da SM Educação e especialista em Literatura para Crianças e Jovens pelo Instituto Vera Cruz. Foi voluntária no Programa Myra – juntos pela leitura e participou como jurada no Prêmio Ibero-América Ilustra 2019.

Criar, editar e ler na tela e no papel

O tema da leitura em meio digital se tornou ainda mais relevante no momento em que livrarias e bibliotecas tiveram que fechar suas portas como ação de prevenção à disseminação do novo coronavírus. Na segunda live “Myra convida”, transmitida no dia 28 de abril, o autor Renato Moriconi e a editora de livros digitais Isabel Malzoni falaram sobre criar, editar e ler na tela e no papel.

Renato Moriconi é artista plástico e tem se dedicado às questões do livro. Publicou livros no Brasil, Argentina, México, França, Itália, Coréia do Sul, EUA e China. Recebeu os prêmios “melhor livro-imagem” em 2011 e em 2014, e “melhor livro para a criança” em 2012 pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil. Recebeu também o troféu Monteiro Lobato e o Jabuti de “ilustração infantil” em 2014. Em 2018, o livro Bárbaro figurou na lista do The Boston Globo dos melhores livros infantis publicados nos Estados Unidos. É professor convidado do curso de pós-graduação Literatura para crianças e jovens, do Instituto Vera Cruz, em São Paulo.

Isabel Malzoni é escritora, editora de livros infantojuvenis e criadora da Caixote, uma das primeiras editoras brasileiras focadas em publicar livros digitais interativos para crianças e adolescentes. Seus aplicativos já ganharam importantes reconhecimentos, como os prêmios Jabuti de 2016 e 2017 na categoria Infantil Digital, além das indicações ao norte-americano Kidscreen Awards e Festival Comkids. Desde 2019, a editora começou a publicar livros impressos, como “Amal”.

Vem aí o 15º SIEI

Matéria 20/01/2022

Durante três dias, especialistas internacionais compartilharão reflexões e análises sobre educação para a cidadania global por meio de uma abordagem solidária e humanista. Dias 16, 17 e 18 de março de 2022. Totalmente online e gratuito.

Saiba mais

Por um 2022 com esperança

Matéria 20/12/2021

Encerramos 2021 desejando que em 2022 pratiquemos o esperançar: que estejamos juntos, juntas e juntes em prol de uma educação de qualidade para todas as crianças e jovens, pois juntos cuidamos da Educação.

Saiba mais

Fundação SM apoia Academia de Líderes Ubuntu

Matéria 17/12/2021

Na primeira edição digital do Ubuntu United Nations, com tema “Construir pontes: jovens pela unidade na diversidade”, entre os 600 jovens selecionados de 190 países, quatro são brasileiros: Anderson Pereira, Natália Cócolo, Thaise Temoteo e Vitoria Galvão.

Saiba mais

Fundação SM e OEI anunciam vencedores nacionais do Prêmio Ibero-americano de Educação em Direitos Humanos

Matéria 14/12/2021

Escola Municipal de Ensino Fundamental Duque de Caxias, de São Paulo, vence com o projeto Aula Pública e os novos desafios com a pandemia da Covid-19, enquanto o Projeto UniFavela – semeando o ensino popular, da Associação Social UniFavela, do Rio de Janeiro, foi o vencedor na educação informal.

Saiba mais

Conheça os finalistas nacionais do Prêmio Ibero-americano de Educação em Direitos Humanos

Matéria 13/12/2021

Este ano, o Prêmio de Educação em Direitos Humanos Oscar Arnulfo Romero recebeu 71 inscrições de instituições de ensino e de organizações da sociedade civil que desenvolveram projetos com foco na garantia do direito à saúde na sala de aula.

Saiba mais

Ver mais notícias