Voltar

Vai começar a Virada Educação em São Paulo!

18 de outubro de 2017 Ouvir o texto

Nos próximos dias 20 e 21 de outubro, o Centro de São Paulo vai receber a Virada Educação, uma iniciativa do Movimento Entusiasmo, que propõe a apropriação do território, a troca de saberes e a celebração da educação.

Buscando fomentar uma reflexão mais acurada sobre a realidade brasileira, a edição de 2017 foi norteada sob o mote da resistência. Oficinas, debates, trilhas e publicações pretendem promover a ideia de “resistir até ficar diferente”. O lançamento de uma série de livretos, programado para o dia 20 de outubro, materializa o tema, estimula o pensamento multifacetado e uma atuação consciente. “Para espalhar essa reflexão por mais caminhos, estamos criando, com a colaboração de muitas pessoas, quatro livretos sobre temas que têm aparecido com muita frequência nas escolas e no seu entorno”, explica a equipe do Movimento Entusiasmo.

Os livretos, que serão disponibilizados para download no site da Virada Educação, versam sobre a resistência ao autoritarismo, a resistência ao preconceito racial, a resistência à opressão de gênero e a resistência aos muros – este último tema conta com artigo assinado pela Diretora da Fundação SM, Pilar Lacerda.

Apoiadora do evento desde seu início, em 2014, a Fundação SM preparou uma programação especial, com o intuito de contribuir para a melhoria da qualidade da Educação, a partir da construção de uma perspectiva de aprendizagem coletiva.

Confira, a seguir, a programação das Oficinas da Fundação SM na Virada Educação 2017:

Salve a data! Sexta, 20 de outubro

*Essa história eu conto assim

Facilitador: Cia Cantos & Contos

Horário: 14h às 15h

A Cia Cantos & Contos é fruto da parceria entre a contadora de histórias Ivani Magalhães e a musicista Gislaine Caitano. As contadoras farão a mediação de leitura lúdica e interativa, acompanhada de muitas músicas e brincadeiras.

Local: Biblioteca Monteiro Lobato – Rua General Jardim, 485. Vila Buarque

 

Salve a data! Sábado, 21 de outubro

*Essa história eu conto assim

Facilitador: Cia Cantos & Contos

Horário: 11h às 12h

A Cia Cantos & Contos é fruto da parceria entre a contadora de histórias Ivani Magalhães e a musicista Gislaine Caitano. As contadoras farão a mediação de leitura lúdica e interativa, acompanhada de muitas músicas e brincadeiras.

Local: EMEI Monteiro Lobato – Praça Buenos Aires. Rua Bahia, 257. Higienópolis.

*Oficina de gravura em Isopor

Facilitador: Carolina Cunha

Horário: 14h30 às 16h

Oficina de gravura em isopor com a autora e ilustradora Carolina Cunha. Ao final da oficina será montado um mural como os de feira livre, com cordéis pendurados por pregadores de madeira em cordão de barbante.

Local: E.E Caetano de Campos – Rua João Guimarães Rosa, 111. Consolação

 

Conheça a programação completa da Virada Educação 2017: http://viradaeducacao.me/programacao/centrosp2017/data

Vem aí o 15º SIEI

Matéria 20/01/2022

Durante três dias, especialistas internacionais compartilharão reflexões e análises sobre educação para a cidadania global por meio de uma abordagem solidária e humanista. Dias 16, 17 e 18 de março de 2022. Totalmente online e gratuito.

Saiba mais

Por um 2022 com esperança

Matéria 20/12/2021

Encerramos 2021 desejando que em 2022 pratiquemos o esperançar: que estejamos juntos, juntas e juntes em prol de uma educação de qualidade para todas as crianças e jovens, pois juntos cuidamos da Educação.

Saiba mais

Fundação SM apoia Academia de Líderes Ubuntu

Matéria 17/12/2021

Na primeira edição digital do Ubuntu United Nations, com tema “Construir pontes: jovens pela unidade na diversidade”, entre os 600 jovens selecionados de 190 países, quatro são brasileiros: Anderson Pereira, Natália Cócolo, Thaise Temoteo e Vitoria Galvão.

Saiba mais

Fundação SM e OEI anunciam vencedores nacionais do Prêmio Ibero-americano de Educação em Direitos Humanos

Matéria 14/12/2021

Escola Municipal de Ensino Fundamental Duque de Caxias, de São Paulo, vence com o projeto Aula Pública e os novos desafios com a pandemia da Covid-19, enquanto o Projeto UniFavela – semeando o ensino popular, da Associação Social UniFavela, do Rio de Janeiro, foi o vencedor na educação informal.

Saiba mais

Conheça os finalistas nacionais do Prêmio Ibero-americano de Educação em Direitos Humanos

Matéria 13/12/2021

Este ano, o Prêmio de Educação em Direitos Humanos Oscar Arnulfo Romero recebeu 71 inscrições de instituições de ensino e de organizações da sociedade civil que desenvolveram projetos com foco na garantia do direito à saúde na sala de aula.

Saiba mais

Ver mais notícias